Transformação digital

Ao iniciar as pesquisas para esta pauta, descobrimos que a Transformação Digital está entre os principais temas buscados na internet, acompanhado de Cibersegurança e Metaverso (assuntos que nós já abordamos no blog).

Presente – mais do que nunca – nos cenários empresariais, o conceito de transformação digital está crescendo em ritmo acelerado desde o surgimento da #Covid-19. 

Segundo pesquisas divulgadas pela Forbes em 2021, 87% das empresas acreditam que o digital irá revolucionar as suas indústrias, mas apenas 44% estão preparadas para essa transformação.

O aprendizado, o consumo e toda uma jornada de compra digital passou a fazer parte do cotidiano das empresas e, assim como qualquer outra área ou cargo vital, ela precisa ser tratada com relevância e naturalidade. Comunicar e vender digitalmente é uma realidade inevitável e que deve levar as marcas para uma imersão ao online, possibilitando mais competitividade e garantindo um bom lugar ao sol no mercado como um todo. 

Ainda de acordo com a revista americana, 70% das organizações possuem uma estratégia de transformação digital ou estão trabalhando para isso, enquanto que 55% das empresas que ainda não passaram pela transformação acreditam que têm menos de um ano até começarem a perder participação no mercado.

Outra pesquisa recente, assinada pela Coleman Parkes Research, constatou que a transformação digital impulsionou 37% do crescimento de receita advinda de novos negócios, 76% de melhorias em alcance digital e, ainda, 69% de melhorias na competitividade das empresas.

Alguns acreditam que a transformação digital deve existir como uma alternativa aos modelos de negócios atuais, esquecendo (ou não assumindo) que essa transformação é, na verdade, parte de um progresso tecnológico que não irá retroceder, mas irá, sim, avançar independente do segmento da empresa, afetando todas as atividades empresariais. 

Mas, outro ponto importante a ser discutido aqui diz respeito à cultura geral da empresa, que precisa ser modificada e reestruturada antes da transformação digital, além de ser liderada por gestores no topo das empresas. 

Dados divulgados pela empresa Yearbook Digital em 2021, mostraram que 87% dos usuários brasileiros estão conectados à internet, sendo a América Latina o terceiro maior mercado online do mundo. Mais uma vez, fica evidente que o adiamento da transformação digital é um risco que as empresas precisam gerenciar com urgência.

Com esse panorama geral, a pergunta que você deve estar se fazendo é: como eu começo o processo de transformação digital? 

4 pilares principais para a Transformação Digital da sua empresa

Atenção total para o consumidor final

Cada vez mais a relação entre empresa-cliente está em pauta e é preciso entender que o novo consumidor é o centro dessa revolução digital. 

Se tomarmos as empresas que são naturalmente digitais como exemplo (Uber, Netflix, AirBnB, Facebook) veremos que elas romperam padrões dificílimos e deixaram os seus consumidores mais exigentes. 

Atendimento arcaico e sistemas engessados dificilmente conseguem competir com  opções mais fluídas, rápidas, fáceis e acessíveis. Por isso, lembre-se de colocar o seu cliente como o ponto de partida e chegada de todas as estratégias digitais. 

Pessoas e equipes de trabalho 

A transformação digital envolve tanto os colaboradores, quanto a tecnologia.
Processos de trabalho rígidos e padrões fixos estão se tornando cada vez mais nocivos nos ambientes corporativos. Permitir e aplicar rotinas para um workflow mais dinâmico e adaptável é uma das chaves mestra para o bom desenvolvimento de talentos, além de resultados mais satisfatórios para a empresa e o profissional.

I-NO-VA-ÇÃO

É impossível pensar em uma transformação digital sem, antes, inovar em maneiras mais rápidas e consistentes de oferecer seus produtos e serviços. 

O uso de dados é uma das infinitas formas de obter insights que permitem a criação de novos produtos e segmentá-los por público. Há, também, a possibilidade de entrada em novos mercados, o que pode transformar o próprio modelo de negócio. 

Operações mais otimizadas

Transformar digitalmente a sua empresa é um processo contínuo. Algo com o qual você e a sua equipe terão que lidar (e atualizar)  por tempo indeterminado. 

Reconhecer a importância e fazer a adoção de uma infraestrutura inteligente, escalável e flexível é um dos pontos que sustentam esses 4 pilares da transformação digital.

Procure e teste sistemas práticos e inteligentes, ferramentas de fácil usabilidade e softwares desenvolvidos por profissionais ou empresas realmente comprometidas com a melhor experiência do usuário. 

Transformação Digital na Indústria 4.0

Esse é um dos tópicos que mais nos enche os olhos.  

Com o objetivo de otimizar e aperfeiçoar processos, além da digitalização das atividades deste segmento, a transformação digital na indústria é um fenômeno real. E ele está acontecendo enquanto você lê este post. 

A ABII (Associação Brasileira de Internet Industrial), da qual a SCADAHUB faz parte, lançou recentemente o seu primeiro episódio do PODCAST “Boteco 4.0”. Nele,  o moderador Claudio Goldbach debate com os convidados sobre os desafios e riscos da transformação digital da indústria e qual é a bendita diferença entre indústria 4.0 e indústria 1.0. 

Os convidados são: José Rizzo Hahn Filho, da Pollux, e Luís Gonzaga Trabasso, pesquisador chefe do Instituto Senai de Inovação em Sistemas de Manufatura e Processamento a Laser, que são presidente e vice-presidente da ABII.

Para ouvir, basta clicar AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.